utilizadores online

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Vaticano


Tirámos um dia para explorar o Vaticano e apesar de no início eu ter ido muito contrariada (não é que não quisesse visitar mas estava tão apaixonada por Roma que me parecia tempo desperdiçado estar a ver o Vaticano durante um dia com tanta coisa em Roma que me faltou ver) a verdade é que fiquei surpreendida pela sua imponência. O Vaticano é importante, tão importante que já não é só uma cidade, mas um Estado com cerca de 500 habitantes, quase tudo funcionários ou membros da hierarquia religiosa, vigiado pela guarda suíça e governado pelo único monarca absoluto da Europa, o Papa Francisco.
              

                  


Nós já tínhamos pago um bilhete completo para ver tudo o que nos era permitido. E quem quiser fazer o mesmo aconselho a comprarem na Internet com antecedência porque as filas para comprar qualquer bilhete são enormes, são quilómetros de filas ao sol, com média de 5 ou 6 horas de espera. Vimos a Basílica de S.Pedro, a maior basílica do Mundo com 136 metros de altura, e vimos os museus do Vaticano que abriga a Capela Sistina, as Salas de Rafael e uma das mais importantes colecções de arte do mundo. 



A Capela Sistina é utilizada pelos cardeais na eleição do novo Papa e eu adorei-a. Como não se pode falar lá dentro, há cá fora uns placards com as imagens das pinturas que vamos ver, em especial dos frescos de Miguel Ângelo, para os guias nos explicarem a história por trás de tudo. Quando entramos só podemos então admirar o tecto com a "Criação do Mundo" e as paredes com o "Juízo Final", ambos de Miguel Ângelo. Confesso que gostei ainda mais do fresco do Juízo Final depois de ter visto as duas. E confesso também que o Vaticano me aguçou um bocadinho a curiosidade em relação à pintura. Fiquei completamente fascinada pelo Miguel Ângelo e pela sua arte e a partir deste dia sempre que ouvia o seu nome numa das explicações por Itália ficava um bocadinho mais atenta.



E vimos ainda o Papa! Tivemos oportunidade de assistir a uma audiência que ele faz todas as quartas-feira quando está no Vaticano. Nós chegámos cedo e ficámos mesmo dentro do auditório onde o Papa está mas a maioria das pessoas fica lá fora na Praça de S.Pedro a assistir por uns ecrãs gigantes. Apesar de não me considerar muito religiosa, é realmente uma emoção grande para toda a gente ver o Papa Francisco entrar na sala e só gostava de ter conseguido vê-lo mais de perto.

8 comentários:

Filipa disse...

adorei!

Lani disse...

Adorava estar assim tão pertinho deste Papa! :)
Estou a gostar muito dos teus relatos da viagem Bad. :) *

Lani disse...

R: Essa fotografia da Fontana deve ser mesmo gira! Ainda no outro dia estava numa feirinha de arte aqui de S. Paulo e vi uma pintura de Veneza que me deixou apaixonada. Adorava ter algo assim no meu quarto! :) *

Lani disse...

Pois já ouvi dizer que em Itália é tudo caro xD
Ohhh, esse é o post que aguardo mais ansiosamente! :D *

Inês disse...

Pena não teres mais fotos! Também gostava de ir ao Vaticano para poder ver o trabalho de Miguel Ângelo de perto.

Helena disse...

OH! Roma é a minha viagem de sonho! Vou ter em conta essa dos bilhetes qd for. Quero ver isso tuuudo!

Ju. disse...

Que relato maravilhoso, Bad! Estou a adorar! Aguardo ansiosamente pelos próximos!
Beijinho*

Tulipa Negra disse...

Também estive um dia no Vaticano quando visitei Roma e apesar de não ser um sítio com o qual sonhava acabou por me surpreender bastante pela positiva.